Compra de uma carrinha

Venho por este meio vos mostra um processo tenebroso que estou a ter com uma compra de um carro na empresa Toyota.
Dia 12 de marco fiz a compra de uma carrinha na caetano auto localizada na Av. Vasco da Gama 1008 1, 4431-956 Vila Nova de Gaia , uma Toyota auris turing sport , seminova, sem nenhum dono na pratica, sempre em nome da Toyota com cerca de 45 mil quilómetros.
No dia da compra do carro foi dito que o mesmo iria la ficar para fazer umas correções a nível de equipamento no interior, e pintura que se encontrava com alguns riscos e as portas seria necessário ser raspadas e pintadas. Até ai tudo bem.
Passado alguns dias sou contactos para ir buscar a viatura.
Qual o meu espanto ao chegar lá e reparar que não fizeram qualquer tipo de arranjo a viatura.
Resposta da vendedora foi que a Toyota estava com muito trabalho e ainda não tiveram tempo. Compreendi, no entanto quando entrei no carro reparei que não tinha gps.
Por um lado foi erro meu porque não perguntei no ato da compra, mas a vendedora podia me ter informado que não tinha e ai teria feito a compra de outra forma para adquirir o gps.
Levei o carro para casa com a condição que passado alguns dias voltava ao leva-lo para retificar tudo o que não foi feito.
Ao nadar com ele reparei em mais algumas anomalias, em relação ao motor do carro que estava a fazer barulho e a uma mancha que se encontrava no vidro da frente.
No dia indicado para deixar lá a viatura informei sobre aquelas situações que reparei no carro.
O carro ficou lá cerca de uma semana e entraram em contacto comigo para ir buscar a viatura.
Qual o meu espanto ao chegar lá e reparara que o carro estava na mesma.
Disseram que levaram o carro a carglass e a mancha era no meio dos vidros e não podiam fazer nada, disseram que tinham polido o carro. Mas continuava na mesma. E o barulho do motor era uma situação se não estou em erro vinha dos cilindros. Teria que esperar cerca de um mês para as peças chegarem para ir lá deixar o carro, e continuava por arranjar todos os outros problemas que tinha no interior.
Levei o carro embora de novo mas revoltado com esta situação voltei lá de novo mas para tentar falar com outra pessoa que não fosse a pessoa que me vendeu o carro mas sim alguém responsável pela a oficina, e falei, mas de certa forma não valeu de nada.
Porque essa pessoa veio com um discurso que eu tinha que compreender que o carro não era novo, que tinha algum desgastes, e com toda a certeza a dizer que o carro tinha sido polido.
Já me estava a sentir ofendido porque este indevido me estava a fazer de burro.
Qualquer pessoa que olhava para o carro via perfeitamente que estavam lá os riscos todos as portas na mesma, enfim
Eu compreendo que o carro não é novo, mas compreendo que o carro é seminovo, com 45 mil quilómetros, e não custou nem 1000 nem 2000 mil euros, custou 21mil euros.
Dinheiro esse que sou eu que vou pagar.
No entanto voltei a falar do vidro e fiquei a saber que ainda tinha garantia de marca. Então ficou acordado quando fosse deixar lá o carro que seria feita também a troca do vidro.
No decorrer do tempo de espera para deixar lá a viatura, recebo uma carta em c asa da Toyota a informar os valores das prestações.
Quando o meu espanto? Que o valor não batia certo com os valores que me foram dados no dia da compra.
Porque no dia da compra foi retirado valor ao carro. Até ai fiquei contente, mas ao mesmo tempo não fiquei contente por me informar o valor da mensalidade e não me informa que o valor do seguro . o que acontece. Na prática não me tiraram valor nenhum ao carro porque vou acabar por pagar no seguro.
Contudo ligo para a vendedora a informar toda esta situação, e a vendedora assume que foi erro dela a não informar no qual sugere dar algum tipo de compensação a nível de material para o carro devido a toda esta situação.
Ei indignado sugiro o gps, ao que do outro lado ouço uma gargalhada.
Acho que é o mínimo dos mínimos para aquilo que vou ter que pagar que não estava a contra.
Com isto passou o tempo de espera e vou lá deixar o carro.
No dia 11 de maio ligam para ir buscar o carro.
Achei estranho porque a semana antes a pessoa tinha dito que ao abrir o motor entrou outras anomalias e teria que manda vir as peças e ainda ia demorar, por isso ao telefone perguntei o que faltou fazer, e a resposta do outro lado foi nada, que já estava tudo pronto.
No dia a seguir fui buscar o carro, no dia 12 de maio, que fazia precisamente dois messes que comprei o carro.
Qual o meu espanto? O carro não tinha sido pintado, o motor não tinha sido arranjado, só fizeram a troca do vidro da frente e os detalhes no interior.
E depois não sabem qual desculpa me vão dar mais.
E eu não compreendo como é que a Toyota chega a este ponto, é este o profissionalismo da Toyota e das pessoas que dão a cara pela empresa?
Não entendo, e continuo com o carro por arranjar

Reclamação De: Tiago Azevedo
Email: <tiago23azevedo@gmail.com>
Nome da Empresa a quem esta reclamação se dirige: caetano auto


Publicado em Sem categoria

Deseja eliminar a sua reclamação por algum motivo? Basta para isso enviar-nos um email a indicar qual a reclamação a eliminar para reclamacoes.net@sapo.pt

Reclamações: Empresas de A a Z